Tempo, Tempo, Tempo...

Tava pensando hoje quanto tempo já investi no meu planejamento pra essa mudança pra fora do Brasil (pra quem não sabe fim do ano se tudo der certo estou indo pra Dublin) e a resposta é MUITO, não sério, MUITO MEESMO. 


Acho que essa vontade se tornou objetivo mesmo em 2012, quando ainda planejava ir para Barcelona, na época eu tinha 18 anos, meu estilo de vida era completamente diferente do que é hoje, e minha cidadania demorou muito mais que o esperado (ainda bem), digo isso porque se tivesse realmente ido em 2012 ou começo de 2013 pra fora do Brasil, acho que iria passar muito mais dificuldade, apesar de ser responsável com questão de trabalho e tudo mais, ainda era muito ingênuo na época, de lá pra cá já tomei muito tapa de mão virada da vida (o famoso 'tapa de cadela'), e já aprendi muito com meus erros. Indo agora, esse ano especialmente, me sinto muito mais preparado e seguro de que quando chegar lá, não vou precisar sair correndo procurar ajuda dos meus pais se algo der errado, não vou me desesperar com os problemas que aparecerem na minha frente, porque esse planejamento em si já passou por um bocado de problemas, minha data de ida ainda está firme e forte, e apesar das mudanças tudo está no caminho certo e ainda aprendi muita coisa com tudo isso...


- Aprendi que a gente sempre pode gastar menos com comida, com roupa, com transporte, com qualquer coisa a gente pode economizar, menos saúde, porque com saúde não se brinca.
- Aprendi que eu sei trabalhar muito bem, e que trabalhar 15, 16 até 18 horas por dias é cansativo, mas não impossível. 
- Aprendi a dizer muitos nãos, mesmo quando queria muito dizer sim.
- Aprendi que tu falta em muitas comemorações ou só da uma aparecida rápida pra dar um oi, ou um feliz aniversário.
- Aprendi que são poucas as pessoas que entendem como é ser focado como um laser em alguma coisa.
- Aprendi também que sou muito forte, porque mesmo com todos os problemas enfrentados e coisas dando errado eu consegui manter o planejamento (e a sanidade hahaha).
- Aprendi que a vida a dois é difícil, ainda mais quando as duas partes não estão no momento da vida que gostariam, o que segura a relação é a certeza de que vai melhorar em pouco tempo, que a situação é temporária.
- Aprendi que se tu não pensar em ti primeiro ninguém vai.
- Aprendi que mesmo as vezes querendo jogar tudo pro alto, eu não ajo por impulso.
- Aprendi que estresse acaba com a gente e todos a nossa volta.
- Aprendi a relevar muita coisa somente por causa do meu objetivo.
- Aprendi que a paciência é a maior virtude (mesmo não sendo a minha maior ainda kkkk).


 As vezes fico pensando se eu não to desperdiçando esse ano que me foquei no trabalho, porque desde novembro, eu só trabalho, não faço muito mais que isso, e é complicado porque tu quer sair, te divertir mas não pode gastar, e na verdade quando chega o teu dia de "folga" ,porque tu faz tudo o que tem pra fazer em casa aquele dia porque durante a semana não dá tempo, acaba que não é muito uma folga, mas mesmo assim tu ta tão cansado de ficar tanto tempo fora de casa que tu só quer ficar enfurnado comendo e recuperando as energias porque no outro dia começa tudo de novo, o que me mantém seguindo mesmo quase não aguentando mais essa rotina é o pensamento de que é só temporário, falta bem pouco, não vou nadar pra morrer na praia.


Ainda bem que o tempo ta passando bem rápido, e logo menos novembro já ta ai, postei mais pra reclamar mesmo hahaha porque hoje é segunda e a semana começa se arrastando e a preguiça no corpo reinando, mas já é 19h32 e eu to quase indo pra casa descansar... ainda bem !!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Viajante ou Turista?

Hello, Hello

25 Coisas para Fazer Antes dos 25